"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido popularmente de fada verde em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Absinto, o blog, é um espaço para delírios pessoais e coletivos. Absinte-se e boa leitura.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Baloneando


The moon is my ballon
Hoje acontecimentos me deram vontade de simplesmente soprar, soprar até inflar bastante os meus pensamentos e sair por aí baloneando sem direção.


Para quem não sabe, balonear é o ato de ir tocando a vida ao sabor dos ventos.


Balonear é navegar sem rumo e, como dizia o poeta, é preciso. Mesmo que se fique à deriva.


A vida nos reserva dias de total necessidade de baloneamento.


É tempo de decisões e, embora esteja bem próxima ao olho do furacão, eu não controlo o futuro. (Quem poderia?)


Quem dera pudesse definir o destino de muitos. Gostaria de ter a força do herói, a fala pronta e certeira que desatasse os nós e acalmasse as almas. 


Ainda que eu falasse a língua dos anjos, tenho que aceitar a minha imobilidade. 


Pois é certo que há horas de luta, há horas de espera e há horas de entrega.


Deixando a mente vazia, sigo na esperança de encontrar as respostas corretas que abram a porta do paraíso.


Que tola eu sou, há pelo menos 12 lados de escolha e talvez nenhuma delas me sirva.


Então, vou acender um incenso, entoar um mantra e balonear em Deus, que é muito bom campear conselho junto às estrelas.



"Mesmo que a rota da minha vida me conduza a uma estrela,
nem por isso fui dispensado de percorrer os caminhos do mundo."

José Saramago


26 comentários:

  1. Malu,

    Texto maravilhoso. É preciso sempre balonear na vida para acalmar a alma e tomar decisões importantes ou não.
    A nossa força está em nossos corações e não devemos ter medo em assumi-la quando preciso.
    Acredito muito em você, na sua capacidade, na sua inteligência e no seu amor pelo que faz.
    Baloneando vai devargazinho colocando os pés no chão.
    Bjs
    Paulo

    ResponderExcluir
  2. Malú que delícia de texto, de vez em qdo deixo nas mãos do meu filho (3 anos) essa função de balonear, pois ele, inocentemente, cobra. Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Malu
    Também eu ando a balonear muita vez, penso que acontece com todo mundo uma vez que seja. Tomar decisões não podemos ter medo de o fazer mesmo não sebendo as mais certas a tomar.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  4. Aí Malu, ontem tudo que eu queria era balonear... não resisti então ao título do seu texto e vim aqui correndo ler. O fato é que não se pode negar, tem sempre alguém sofrendo de uma angústia maior que a sua, e nós temos mania de supervalirozar as tristezas ao passo que muitas alegrias passam desapercebidas...

    Enfim, que os dias nos tragam as respostas que precisamos e que n desanimemos nunca!

    ResponderExcluir
  5. Me lembroou a cantiga de roda:
    "Cai, cai balão
    Aqui na minha mão..."

    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Sintonia pura com o que escrevi na madrugada...beijos baloeira,

    ResponderExcluir
  7. Obrigada a todos pelo carinho. Tudo passa, sim. Mas até passar, me permito ao luto ou, neste caso, a indignação social.

    Bjs,

    ResponderExcluir
  8. Paulo, meu querido,

    Sem palavras para sua força. Só você poderia dizer palavras assim. Pode deixar que eu estou pousando.

    bjs,

    ResponderExcluir
  9. Malu, que lindo!
    Vou por aí a balonear sem rumo...
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  10. O balão foi além das pernas, desceu para um passeio longe!... Como não convidá-la para conhecer este humilde lugar. Mesmo porque o povo deste convívio reuniu-se ao redor, quer dar boas vindas, oferecer o melhor das amizades, com certeza!
    Usarei o mesmo balão, farei a aventura de ir e vir, ser seguido e seguir!

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Uma forma muito bonita, gostosa e saborosa de ver e viver a vida! Gostei muito, do conteúdo e do texto em si!

    []s

    ResponderExcluir
  12. Malu , amiga querida



    Um texto assim só poderia mesmo vir de você , de sua sensibilidade
    e visão sempre além ...

    Balonear é preciso !
    Creio até ser arte de sobrevivência.


    Feliz em ter te proporcionado
    algo bom ,no momento certo .




    Bjo e um Dia de Paz.

    ResponderExcluir
  13. Malu.

    Para que a gente tome as decisões que precisa, trocentas ou mais, a gente necessita aprender a tirar um tempinho para balonear, soltar as ideias ao vento, liberar as amarras, tirar os pesos, e aí então, teremos plenas condições de decisão.
    Elas tem que ser certeiras, né?

    bjos

    ResponderExcluir
  14. Pois é Lufe,

    É preciso se distanciar, voar ao longe, para depois voltar e fazer as melhores escolhas possíveis.

    Bjs,

    ResponderExcluir
  15. Malu, parece que o universo conspira não é mesmo rss.

    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Malu,

    Volta....volta as Cores da Crise...Mais que bemvinda...Tambem vou balonear verde e tomar absinto azul!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Malu,
    Balonear é peciso!!! É pode ter certeza que você esta sempre em minhas preces.
    Acredite sempre sabemos o caminho certo é só escutar o coração e usar a cabeça para saber a direção.
    Beijos.

    Mara

    ResponderExcluir
  18. que vontade me deu de neste texto entrar e me ver também por aí voando a voar

    ResponderExcluir
  19. Lindo. Não conhecia este texto do Saramago, de quem sou eterna fã.
    Obrigada por este compartilhar.
    bjs

    ResponderExcluir
  20. Malu!
    Terei novamente o prazer de receber a visita Baloneira,

    abraços!...

    ResponderExcluir
  21. Oi,Malu!Balonear não conhecia esse verbo, bela palavra soa bem...E querendo ou não muitas vezes na vida precisamos navegar sem rumo, sem saber onde tudo isso vai dar...
    Adorei a maneira ocm que tu construiu o texto, muito bacana.
    Um ótimo domingo!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  22. Bem pensado querida...
    Nessas horas eu penso em sair sem rumo, caminhando.
    Olhar tudo lá do alto deve ser bem mais divertido.
    Bjos...

    ResponderExcluir
  23. Malú,


    "Quem dera pudesse definir o destino de muitos. Gostaria de ter a força do herói, a fala pronta e certeira que desatasse os nós e acalmasse as almas."

    Identifiquei-me!

    Beijos,

    ResponderExcluir
  24. Interessante, mas não dá para planejar totalmente a vida, as vezes tem de curtir um pouco..

    Fique com Deus, menina Malu Machado.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  25. Конец лета наступает, депрессуху предвещает
    Собираем чемодан и летим в далекий http://tai.com

    ResponderExcluir