"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido popularmente de fada verde em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Absinto, o blog, é um espaço para delírios pessoais e coletivos. Absinte-se e boa leitura.

domingo, 4 de março de 2012

40 graus à sombra


Foto - Malu Machado
O verão chegou aqui nas terras brasileiras tão intenso como o inverno europeu. Os termômetros marcam 40 graus em minha cidade, que não é famosa por verões intensos. A sensação térmica é bem maior. Sinto até dores no estômago de tanto calor, calor, calor. Minhas gatas renderam-se ao barulho ensurdecedor do ventilador e deitam-se em frente a ele. Que importa o medo deste bicho estranho? Querem se refrescar. 

Ontem a noite
o clima ficou um pouco mais ameno por aqui. O suficiente para as duas “meninas” caírem no mundo. Voltaram bem tarde, aproveitando a rara brisa do sábado. Felizes essas meninas. Eu e meu marido ficamos sentados na rede olhando as estrelas serem engolidas pela claridade da lua cheia que se aproxima.

Lua que meu filho tem como dever de casa observar e dizer à professora como ela está. Tarefa vivenciada com alegria, tão gostosa como saborear sorvete às oito da noite, coisa rara por aqui. (por que no Brasil temos o hábito de tomar sorvete só quando está quente?).

O verão de 2012 me lembra o verão em que meu filho nasceu. Um dia de nascido e lá estava ele só de fraldas. E suando por todos os poros após intensa mamada. Menino forte este meu filho, regado a leite materno com seus mistérios e sabedoria.

Lembra-me os verões cariocas da minha infância e da vida adulta. Dias e dias sem ânimo para nada. Sucos de laranja com limão, água de coco, chop gelado, tomar banho frio no meio da noite, chupar gelo com prazer de quem devora a melhor das iguarias.

Lembra-me os passeios em meio a matas, cachoeiras, a praias desertas. Mergulhos inesquecíveis de corpo e alma.

A pele dourada revela o vigor de energia renovada. O sol, astro rei, chegou! É tempo de celebrar toda a sua claridade. Não há como se esconder. Saiam às ruas, aproveitem a estação da luz. Em breve a Terra segue o seu curso e nossa estrela maior irá iluminar outros campos, outras mentes.

11 comentários:

  1. Refrescante, a tua foto e o teu texto...
    Quando aqui, fizer frio a valer. Escreverei... para me aquecer.

    (é que estás enganada, em Portugal praticamente não está a haver inverno: há sol todo o dia e as temperaturas estão elevadas para a época (entre 10 e 16/17 graus em Lisboa/Oeiras)

    ResponderExcluir
  2. Lindo e por aqui o calor está incrível...beijos,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  3. Ah Rogério, 10 a 16 graus é o meu inverno total! rss

    ResponderExcluir
  4. Aqui no Rio o verão é praticamente o ano inteiro.Beijos

    ResponderExcluir
  5. Querido Arnoldo, o rio tem duas estações. O verão e o inferno! rss Saudades dessa minha terrinha quente, viu.

    ResponderExcluir
  6. Odeio verão com força. Eu sou uma carioca atípica, não gosto de praia, nem de sol queimando a pele. Eu gosto de fresquinho, sombra e nada de calor.

    Aqui no Rio (e não sei se tu mora aqui) refrescou ontem, o que me fez dá uma respirada. Espero que aquele calorão não volte mais. Mas acho difícil.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Gostei de seu texto, de sua forma de escrever.

    O clima está se alterando...tal como outras coisas.O que não surpreende, pois estamos em época de transição entre ciclos.

    Lhe desejo uma óptima semana

    ResponderExcluir
  8. Malu
    Gosto do calor mas não tanto!
    Gosto demais do Verão, a seguir da Primavera e depois do Outono, já não tolero o Inverno e nele este ano apanhei 3º negativos de noite e pela manhã, hoje esteve um dia de Primavera que ainda faltam 15 dias para começar.
    Adorei a forma como descreves esse calor.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  9. Malu, o clima tá meio estranho sim. ou quente demais, ou frio demais, tá meio desequilibrado. calor, eu gosto, mas me sinto mto cansado qdo tá quente demais.

    recebi seu mail! logo te mando a resposta viu?
    bjs bom dia!

    ResponderExcluir
  10. Malu,

    Sempre tão bom te ler que no final confesso que até fiquei meio, só meio rs, envergoanhada das x que praguejei por este calor danado!!!

    Beijos,

    Anna Amorim

    P.S: Minhas gatas também se renderam ao barulho do ventilador rsrsrs

    ResponderExcluir
  11. O verão é estação das emoções !!!! Parabéns a você por todas as observações e por transformar essa estação, numa estação prazerosa e tão ao nosso dispor... Realmente, no verão parece que tudo fica mais fácil, mais lindo , mais luminoso ...

    ResponderExcluir