"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido popularmente de fada verde em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Absinto, o blog, é um espaço para delírios pessoais e coletivos. Absinte-se e boa leitura.

terça-feira, 31 de maio de 2011

Para Letícia, guerreira

Há momentos na vida que nos deparamos com um alto muro intransponível. Algo difícil mesmo, que nos faz entregar os pontos. Mas, depois de alguns minutos (ou meses) de desespero e desamparo, começamos a aceitar aquela situação e milagrosamente percebemos que temos forças aonde não pensávamos existir mais nada, e que podemos, sim, superar. Mesmo quando tudo o que nos resta é a entrega à fé (como se isso fosse pouco), nela, na fé, conseguimos renascer. 


Como fênix, voltamos a sorrir, a dar de novo bom dia, a sonhar. Cada dia que passa é mais um dia de espera, mas também de superação. Tudo tem o seu tempo e nós, acostumados a correr contra ele, temos que reaprender a contar as horas no compasso do amor.


Certa vez uma prima da minha mãe, aos 74 anos, cheia de atrites e atroses por todo o corpo, enfrentou uma longa viagem  de ônibus até a nossa cidade para nos visitar. Na volta, seguiu para a casa de seu filho em Brasília. Lá chegando, me liga para dar notícias. Fiz a pergunta de praxe: "Boa viagem, Dora?" Ao que ela me respondeu: Viagem maravilhosa! Você imagina que, na entrada de Brasília, o ônibus furou o pneu e uma pessoa tão boa ao meu lado me emprestou o celular para eu ligar para o meu filho? Em 20 minutos ele chegou lá para me buscar. Eu acabei dando carona para minha nova amiga".


Não conheço muitos seres humanos que descreveriam este episódio como maravilhoso, mas posso me orgulhar por conhecer algumas pessoas assim.


O que me leva a constatação simples  e, me desculpem a obviedade, de que a felicidade é um estado de espírito. Por pior que seja o momento, ele terá o peso e a cor que a ele destinarmos.


Esta semana vou colorir meu coração para uma pessoa querida. Desejar a ela toda a felicidade do mundo. Uma paleta de cores alegres para pintar um quadro de um novo recomeço.


12 comentários:

  1. bacana! é verdade, a felicidade é muito mais um estado interior do que causado por razões externas. e que essa pessoa que vc estima receba as melhores energias, o melhor sentimento.

    (aqui a hortênsia só flore qdo dá um pico de calor e muita chuva, qdo a temperatura entra na casa dos 25, 27 durante o dia. pq até abril a temperatura é amena, entre 22 graus...nos meses anteriores, como tá bem frio, parece q elas hibernam rs)

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Alexandre, obrigada pelo carinho comigo e com a minha amiga. Sobre hibernar, serei eu uma hortência? rss
    Bem melhor que um urso né.

    bjs,

    ResponderExcluir
  3. Felicidade anda lado a lado com a simplicidade.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Pois é Malu, mesma sintonia, tb me inspirei pra escrever aquele poema numa amiga que está passando por um momento muito, muito difícil mesmo...que minhas palavras bailarinas a confortem e que as suas confortem a sua amiga...Nem sempre é possível colorir a vida, soltemos então, palavras passarinhas...beijos

    ResponderExcluir
  5. Malu,

    Feliz a criatura que tem uma amiga como você. Na hora que estamos no desespero, sem ver nenhuma luz, é que as pessoas nos mostram quem é quem!
    Colora mesmo teu coração e transmita muita luz a sua amiga. Um suporte nessas horas nos ilumina.

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Malu querida
    Não é só belo seu texto mas comovente,também tenho amigas e familiares muito jovens doentes. Esse gesto carinhoso que foi feito com a Dora é o minimo que se pode fazer com alguém que necessita, eu sou assim mesma querida costumo dizer que tiro minha camisa para dar aos meus amigos se preciso, pena que cada vez mais existem pessoas neste mundo a tornarem-se egoista e estes pequenos gestos têm tendência a acabarem.
    Beijinho Malu, Beijinho para sua amiga

    ResponderExcluir
  7. Malu, obrigada pelo carinho ! Espero, depois que tudo isso passar, que eu me torne uma pessoa mais sábia e mais prática ! beijos !! Letícia.

    ResponderExcluir
  8. Letícia, vai passar e você será ainda mais sábia!

    Beijo grande, amiga,

    ResponderExcluir
  9. Oi Malu, que bom compartilhar conosco essa experiência da Dora. Me mostrou que é smepre bom ver o lado bom das coisas e se estressar menos com as adversidades.
    Bjks
    TPM

    ResponderExcluir
  10. Malu:
    As vezes a vida não nos dá muitas opções de cores, então temos que inventar novas cores com as que temos.
    Tendo as primárias já é um bom começo e acho que todos temos; pelo menos as primárias.
    Que nos próximos dias vc e sua amiga tenham dias repletos de cores fulgurantes...
    Beijos...

    ResponderExcluir
  11. Malu, muitas vezes, estamos em plena guerra mas o coracao está lampejando de fé, amor a nós e ao outro. meu marido costuma dizer que casou comigo por que, um dia, depois de uma briga longa, na noite passada, eu acordei, dando risadas...
    Eu sou dessa forma....kkkk
    tudo meu tem sido assim...e as coisas ruins,. nao duram mais do que uma ventania..Beijos e dias felizes


    Olha, eu gosto muito de trocar ideias contigo...Voltando ou nao, sabes onde me encontrar...

    Vc é um doce de coco.Sem nenhum fermento

    ResponderExcluir
  12. Malu, relendo seu texto: estou chorando!!! Ano passado eu estava repleta de todos os sentimentos ! Hoje, consigo compreender o que vivi e o que você escreveu. Simplesmente tentei sobreviver e recorri ao que tenho de mais forte em mim: minha fé. A partir de então, me vieram as cores, para colorir a vida e sorrir diante das adversidades. Não sei como, mas consegui enxergar muitas pessoas, além do meu sofrimento... São coisas as quais não temos como explicar... Guerreira? Não sei. Recebi muito apoio, muita força de todos e muita presença de Deus. Acho que encarei a vida olho no olho. E hoje, estou aqui. Sádo, dia 2 de junho, fez 1 ano que operei. Agradeço e louvo a Deus por tudo que tenho vivido ! Obrigada pela homenagem maravilhosa !!!!

    ResponderExcluir