"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido popularmente de fada verde em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Absinto, o blog, é um espaço para delírios pessoais e coletivos. Absinte-se e boa leitura.

sábado, 28 de maio de 2011

Fogo-fátuo




Ah como a ansiedade lhe aguça
Libertino, aberto, mete os pés pelas mãos
Cautela é o que precisa, para dar o bote na presa
Mas não há paciência para coração aflito
Pulsa o sangue, a libido
Como segurar? 
A espera é preciosa
Até que o corpo exploda
Incêndio é certo, total e desejado desalinho
Fogo que se apaga, apenas, e só apenas, depois de muita água...


João-galafoice corta estrada no matagal, a luz azulada corre para dentro da mata. Não há temente a Deus que se atreva a atravessar o mesmo caminho. Fica quieto, menino. Menino não pode se aquietar. O fogo, já queima seus mais intensos pensamentos. 

8 comentários:

  1. Ah esses meninos "peraltas"...rsrsr
    Beijos Malu...

    ResponderExcluir
  2. Malu querida
    Lindo demais!!!! Faz parte dos meninos.
    Beijão bom Domingo aqui chove muito e muita trovoada

    ResponderExcluir
  3. Malu,

    Creio que esse fogo atinge a todos nós ... Rs

    Bjo Grande

    ResponderExcluir
  4. Fogo intenso, labareda a consumir razões, a tudo inflama na ânsia de controlar...coisa de criança,juventude desatinada, mas que saudade que dá!
    Passei pra uma visita, mas com certeza, vou voltar.
    Bjinhos Malu,
    Calu

    ResponderExcluir
  5. esse fogo, queima nossas entranhas, mas é um bom fogo rs. o ruim é qdo ele se apaga

    bom dia

    ResponderExcluir
  6. Hum.... gosto da parte do fogo e nunca da parte da água.
    bjs

    ResponderExcluir