"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido popularmente de fada verde em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Absinto, o blog, é um espaço para delírios pessoais e coletivos. Absinte-se e boa leitura.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Chuvas de Natal


Existe um estado de espírito natalino no clima da cidade onde eu moro. E ele apresenta-se em formato de uma chuva intensa e de uma persistência irritante.

Mas a irritação, diriam os budistas, não está na chuva. Está em minha alma consumidora, travada de sair de casa levando filho à reboque e enfrentando lojas cheias.

Então, resolvi respirar e mudar o jogo. Hoje não vou às compras de Natal. Hoje não vou se quer comprar uma maçã para ser deliciada ao longo da semana. Hoje vou ler mensagens de amigos no meu e-mail. Aquelas que ficam na fila de espera porque e-mail de trabalho é sempre mais urgente, porém não o mais importante.

Hoje vi desenhos na TV com meu filho. E vou fazer bobagens que ele gosta para o almoço.


Com a alma menos agitada dos afazeres que vem de fora, vou tentar mais uma vez aprender a iniciar o tricô. Tricô é bom para acalmar as almas. Tricô e chá de capim-cidreira.

E, sem pressa, vou observar a chuva. O barulho que ela faz ao molhar a clarabóia da minha casa, o peso das gostas nas folhas das árvores do quintal e os respingos nas janelas.

Paulo de Tarso falava que para combater o bom combate, é preciso aprender a observar os sinais. Paulo Coelho resgatou este ensinamento em seus livros. A chuva que passa o Natal em minha cidade é um presente divino soprando em nossos corações: “Aonde você vai com tanta pressa? Aonde você vai?”

Esta talvez seja a pergunta mais difícil para um ser humano responder. Tenho duas gatas e elas, aparentemente não têm estas perguntas existencialistas. Elas apenas vão. E apenas voltam.

Já montei minha árvore e, este ano, colocamos alguns instrumentos musicais próximos a ela. Sentiu vontade de tocar, toque. A música também acalma almas.

Não preciso de muito mais do que a chuva caindo lá fora e um lar quentinho. Há sim, um bom blog para postar alguns pensamentos e amigos que eu possa receber para o jantar.

11 comentários:

  1. "um bom blog para postar alguns pensamentos e amigos que eu possa receber para o janta"
    sim, o teu é um bom blog e me fez ter amigos para o jantar e ter mais alegria no natal

    ResponderExcluir
  2. Que coisa boa, meu amigo! Estar entre quem se gosta é o melhor dos melhores momentos que podemos ter.

    Bom te receber o seu carinho. Obrigada.

    ResponderExcluir
  3. llindo blog Malu, lindas reflexões. Ontem pude parar e observar a chuva da varanda da escola dando mais vigor às cores das flores, a natureza agradecendo a suave chuva que cai.Bjs. Rose

    ResponderExcluir
  4. “Aonde você vai com tanta pressa? Aonde você vai?”
    Pensava que me era dirigido
    Acabei de chegar e
    vou ficar um pouco por aqui
    ...contigo

    ResponderExcluir
  5. Malu,

    Essa chuva que não para? Sinto até o musgo crescendo em mim....será que é para enfeitar o Natal?
    Pelo menos ela serviu para traze-la de novo para perto de nós.
    Eu gosto quando aparece....

    bjo procê

    ResponderExcluir
  6. Malu
    Excelentes reflexões. sabes amiga sou complicada com o Natal é uma época do ano que não suporto, eu que nasci em Dezembro, mas existem razões muito fortes para não gostar deste mês.
    Aqui chove imenso, está um dia triste sem um único sorriso à vista.
    Beijo bom domingo

    ResponderExcluir
  7. "Se a vida te dá um limão, você pode chupá-lo e fazer cara feia, ou aproveira para preparar uma bela limonada"

    Essa frase feita caí muito bem para descrever seu post. A vida é feita de escolhas.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  8. *Malu, que DELÍCIA a sua

    crônica !!! *Ameiiiiiii !!!

    (Um dia ainda escreverei assim

    bonito como você !!! Risos.)

    *Malu, isso é NATAL : descobrir

    que o importante é o que está

    acontecendo AGORA, o POSSÍVEL

    neste momento e o simples ir e

    vir das suas gatinhas !!!

    *Acredito que esta

    CONSCIÊNCIA que em Ti despertou,

    já foi o teu Natal deste ano de

    2011 !!! :D

    *Boa semana,

    Menina_Romântica_e_Consumista !!!

    *Fiques com Deus.

    *Um abraço.

    P.S. - *A primeira parte do meu

    Natal será amanhã com a vinda da

    filha que reside numa cidade do

    Estado de Minas Gerais : Itabira,

    terra do grande poeta DRUMMOND !!!

    ResponderExcluir
  9. *Ah, interessante o nome do teu

    blog !!! (*Não conheço essa

    bebida ! Sei que ela é

    alucinógena, perigosa e cara !!!).

    *Você já a bebeu ?! Gostou ?!

    ResponderExcluir
  10. Olá Edméia ! Absinto é apenas uma licença poética, uma maneira de falar sobre a Fada Verde que existe em cada um de nós. rss

    Bjs,

    ResponderExcluir
  11. que lindo esse texto, Malu. é muito bom, é um natal mais verdadeiro (sereno, equilibrado, o senitmento de querer bem e não de querer coisas e entrar numa espiral maluca).

    pq associar natal com pressa, stress, não é? pq não baixar o ritmo, o consumismo e... sentar do lado da árvore, tocar uma música, conversar, desejar com sinceridade felicidade a alguém e está ótimo.

    adorei!

    bom dia

    ResponderExcluir