"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.É também conhecido popularmente de fada verde em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Absinto, o blog, é um espaço para delírios pessoais e coletivos. Absinte-se e boa leitura.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Minha Idéia é meu pincel - Belo estranho

Paul Klee - The Rose Garden

primeira vez que vi um caleidoscópio tive a plena sensação de ter encontrado o sentido da vida.

Aquelas belas figuras ofereciam para mim a promessa de mudanças sem fim. A cada quadro, uma nova e surpreendente cena tomava cor e forma.

Demorou algum tempo para que eu percebesse que a roda da vida gira e se repete. Mas o encontro na mesma rua nunca será o mesmo.

O belo estranho me fascina. Sou como um gato vadio que necessita correr pela cidade por entre ruelas e serenatas.

Mas, ainda que me perca em labirintos, retorno ao território conhecido.

A cada pessoa que conheço renasce em mim as esperanças pela humanidade. 

Todos são belos, todos. Com seus contornos definidos em prismas de almas facetadas que prometem, sempre, novas revelações para quem tem olhos de ver e dedos para sentir.

Gosto de passear por este caleidoscópio de pessoas e paisagens. Em cada caminho, tento semear um pouco de mim e levar um pouco e tudo. No entanto, costumo pagar pelo excesso de bagagem.

Pouco me importar, desde que possa mirar e aprender com o novo e renascer possuída de um novo encantamento. 

Em minhas estradas, por vezes brotam rosas perfumadas e repletas de espinhos. São provas da minha existência. Nem santa, nem de toda pecadora. Nem certa, nem errada, apenas errante.

26 comentários:

  1. Maravilhoso Malu! Assim fico ainda mais apaixonada pela ideia que tive! Esse pincel com que cada um pinta sua ideia, colore o imaginário e nos deixa ver de relance o que se passa no íntimo de cada um, é uma experiência quase que espiritual para mim. Tenho sido presenteada com coisas maravilhosas. Lindo, lindo, lindo, seu caleidoscópio! Obrigada, beijos,

    ResponderExcluir
  2. Malu, vim tomar mais um pouco de absinto neste novo desafio da blogagem colectiva: ADOREI!

    Gosto da tua magia*

    Obrigada

    Susana Vitorino com abraços de estrelas aqui de POrtugal*

    ResponderExcluir
  3. Malu,

    Você brilhou.
    Que maravilha de texto. Lindo.
    Que sensibilidade....

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Malu, só posso pegar carona na frase do Lufe: você brilhou!!!
    Que texto magnífico!!

    "Gosto de passear por este caleidoscópio de pessoas e paisagens."

    Perfeito...

    Beijo grande querida

    ResponderExcluir
  5. Uau, que lindo seu texto, parabéns Malu!
    Eu não tenho esta verve de escritora, de criar estórias, contos, versos e por isso me deslumbro com pessoas como você, Glorinha, Mila e tantas outras por esta blogosfera.
    amei!
    super beijo carioca

    ResponderExcluir
  6. Oi, Malu amiga
    Vc realçou o Cubismo e ficou lindo seu post!!!
    Chego da roça e continuo por aqui na calma ao ler tanta formosura...
    Bjm sereno do interior.

    ResponderExcluir
  7. Que belo texto, Malu. Repleto de sentimentos e de maravilhas. Na imagem da tela do seu coração pude "ver" o caleidoscópio de que fala. Um mundo vasto de muitos corações e muitas rosas. E você, sem dúvida, é uma delas!! Parabéns!! Bom dia, beijos no seu coração :)

    ResponderExcluir
  8. Malu

    Muito bela participação. A Glorinha está a conseguir que nós nos identifiquemos e exteriorezemos os nossos corações.

    Muito obrigado.

    Abraço

    António

    ResponderExcluir
  9. sabe... é tão diferente olhar o quadro... ler um texto como o seu e olhar o quadro novamente.
    parece que a gente fica mais íntimo do quadro, que o conhece "por dentro"... eu me senti assim ao ler o post, parecia que eu caminhava por aqueles traços.

    Sabia que vc ia fazer um show nessa blogagem, por isso te chamei, sou interesseiro pra caramba

    bjs! bom dia

    ResponderExcluir
  10. Oi,Malu!

    Li com muito prazer esse texto, é simplesmente encantador. Por vezes me senti nele.
    Também admiro o belo, mesmo que estranho, pois me fascina.
    Quero crer na humanidade, sempre, e considero a alma humana
    uma deliciosa caixa de revelações.
    E amo as rosas, apesar dos espinhos,pois, elas nos fazem refletir sobre os dois lados da vida.

    Luz e Paz!
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  11. Malu, fiquei seguidora. Acho que isso diz tudo! rsss
    Namasté

    ResponderExcluir
  12. Sentimentos salpicados aqui e ali, emoções. A vida, o dia a dia, as preferencias.
    Quanto extraimos dessa idéia da Glorinha não é?
    Ficou lindo seu texto!

    ResponderExcluir
  13. Amei a comparação com o caleidoscópio! Concordo com o Alexandre cada postagem um olhar!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  14. Malu, que linda a maneira que você nos conduziu por essa ruelas e caminhos. A crença e a esperança, na vida, nas pessoas. Nosso caminho sempre terá rosa, ainda que eventualmente tenha espinho.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  15. Lindo o seu traçado. Novidade, renovação e retorno a si mesmo.
    Muito bonito o seu caleidoscópio.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Malu , amiga que adoro !!!

    Saudade de te ler ...

    Texto , como todos que escreve , belo , sábio , cheio de poesia em cada vírgula , palavra.

    "Nem certa, nem errada, apenas errante."
    Lindo demais isso , amiga.


    BjO Imenso cheio de Saudade.

    ResponderExcluir
  17. Malu vim o mais rápido possível!(rs)
    Que visão espetacular de ver as coisas você tem.
    Pensando bem, um caleidoscópio dessa imagem é bem pensado.
    Parabéns pelo blog e seja sempre muito bem vinda ao Misturação.
    Xeros

    ResponderExcluir
  18. Querida Malu,
    Gostei imenso do teu texto, o gato vadio, o andar errante...sintoniza comigo! Todo o teu texto está muito bem escrito.
    É a primeira vez que venho aqui e como gostei do blogue, como estamos metidas no mesmo desafio, não posso deixar de te seguir.
    Beijinhos,
    Manú

    ResponderExcluir
  19. Obrigada pela visita Malu, espero que volte sempre, adorei seu caleidoscópio, também pago meu preço por excesso de bagagem, adorei seu post belissima participação.Adorei seu blog..te acompanho...
    bjs..

    ResponderExcluir
  20. As pessoas são casas com todos os seus lados, internos e externos. Quem sabe é o vento que faz o intercâmbio do pensamento coletivo? Quem sabe são as estações, as cores dos dias, a chuva e o sol, que trazem ânimo ou desânimo aos nossos humores? Deixar a nossa alma passear entre essas casas e quando sentirmos o impacto da empatia, parar e dar uma bisbilhotadinha e dentro das suposições, dedinhos de (p)rosa possa florescer? Beijus,

    ResponderExcluir
  21. Que maravilha, Malu!

    Parabéns pela criatividade! Adorei seu caleidoscópio!

    Abraços
    Lia
    Blog Reticências...

    ResponderExcluir
  22. Malú, adorei a visão "Caleidoscópio", aí disse tudo, amei!
    Bjos e até a próxima, e obrigada por sua visita!

    ResponderExcluir
  23. Malu, Malu... Como é bom conhecer este seu blog. Sua visão acerca do mundo a sua volta é sensacional e sua escrita é leve, como o que propõe. Inteligente!

    Gostei demais...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Menina como é bom poder ler a impresão de cada um de nos sobre o mesmo tema. O quadro que vi na semana passada desde quinta até hoje já tomou tantas formas mas eu continuo vendo a minha casinha cor de rosa. Muito obrigado por sua visita e um grande beijo da Eliane.

    ResponderExcluir
  25. Salve! Malu

    Que melhor posso dizer do que me revi neste texto magnífico? Obrigado pela viagem de tantas viagens!
    Caleidoscópios são instrumentos fascinantes.

    Quanto a Lilith, estou preparando um texto sobre ela. Sairá em breve. Mitologia e espiritualidade são temas que me encantam, também.

    Bem hajas pelas visitas ao Confessium!

    Salutas!

    ResponderExcluir
  26. Interessante a tua forma de pensar sobre a pintura, de conectar a algo maior da nossa vida, pois tudo acrescenta a nossa viagem...

    Fique com Deus, menina Malu Machado.
    Um abraço.

    ResponderExcluir